Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Autoestima na menopausa: 5 dicas para se amar mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A autoestima na menopausa é afetada por diversos fatores, a maioria deles ligados às mudanças físicas e mentais que a meia idade traz, com perdas de viço na pele, aparecimento de marcas de sinais, perda ou ganho de peso, além das questões emocionais que também se intensificam.

De acordo com o My Menopause Centre, dos Estados Unidos, a autoestima da mulher na menopausa é abalada pelos sintomas gerados em razão das mudanças hormonais.

As alterações de humor, o aumento da ansiedade ou depressão, os efeitos físicos do envelhecimento, as ondas de calor, os suores noturnos, entre tantos outros sinais podem provocar uma mudança na auto-imagem, prejudicando também a autoestima e a autoconfiança da mulher.

O que causa a perda de autoestima na menopausa?

As alterações hormonais que começam no climatério geram muitas mudanças na vida das mulheres. A queda de estrogênio e progesterona interferem no corpo e na mente das mulheres.

Mas não é só isso, a mulher quando passa dos 40 anos se vê diante de várias mudanças em sua vida, como questões que envolvem a carreira, questões familiares, de relacionamentos e outras que também impactam a autoestima na menopausa.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela British Menopause Society mostrou que 20% das mulheres relataram que a menopausa impactou diretamente sua confiança no trabalho.

Ou seja, além das questões no corpo, pele e mente, o comportamento na carreira também muda e com isso temos a perda da confiança e também impactos negativos na autoestima da mulher.

Para saber se você está realmente passando por isso é importante tomar algumas atitudes. A primeira delas é fazer o teste online de menopausa que a PlenaPausa disponibiliza gratuitamente. Assim, você saberá em qual fase do climatério está e o que pode fazer para melhorar os sintomas.

A segunda atitude é se fazer algumas perguntas como: Estou perdendo a autoestima ou a autoconfiança? Quais outros sintomas da menopausa tenho notado no meu corpo? Estou dormindo bem? Como está o meu humor? 

autoestima na menopausa
Foto: Freepik

Com essas respostas, você poderá entender sua situação atual e buscar alternativas com um médico para te ajudar a tratar as questões que mais te incomodam. A autoestima na menopausa pode ser acompanhada por um médico e também por terapeutas.

A forma como você, mulher, vai enfrentar essas mudanças te fará desenvolver uma nova perspectiva sobre o próprio corpo e sobre sua identidade. Compreender que esta fase é natural e que não há nenhum problema em você, é a melhor escolha.

Ainda assim, é muito importante conversar com suas amigas que estão vivenciando a mesma fase, conversar sobre autoestima na menopausa, as mudanças no corpo, na pele e então criar uma rede ao seu redor com outras mulheres que estão passando pelo mesmo.

Buscar apoio emocional, seja através de amigos, familiares ou profissionais de saúde, pode ajudar a lidar com os desafios emocionais da menopausa e fortalecer a autoestima.

5 dicas para melhorar a autoestima na menopausa

1- Aceite e celebre suas mudanças

A menopausa é uma fase natural e deve ser vista como uma oportunidade para se reconectar consigo mesma e abraçar a vida que você já viveu e tudo mais que ainda está por vir.

Ao invés de se concentrar apenas nos aspectos negativos que derrubam a autoestima na menopausa, procure valorizar suas experiências, conquistas e sabedoria acumulada ao longo dos anos. A autoaceitação e a celebração das mudanças podem contribuir para uma maior autoestima e bem-estar emocional durante essa nova fase da vida.

2- Priorize o autocuidado

Dedique tempo para cuidar de si mesma. Isso pode incluir atividades como exercícios físicos, meditação, yoga ou simplesmente reservar um momento tranquilo para relaxar. Além disso, buscar apoio emocional, seja através de conversas com amigos próximos ou terapia, pode ser fundamental para lidar com as mudanças emocionais que podem ocorrer durante a menopausa.

3- Adote uma alimentação saudável

Uma dieta equilibrada pode ajudar a melhorar os sintomas da menopausa, como os fogachos e a irritabilidade. Priorize alimentos ricos em cálcio (para a saúde óssea), vitamina D, fibras e ácidos graxos ômega-3. Também é importante consumir alimentos ricos em fitoestrógenos, como soja e linhaça, que podem ajudar a regular os níveis hormonais.

4- Alivie os sintomas da menopausa

Existem diversas opções de produtos no mercado que podem ajudar a aliviar os sintomas desconfortáveis da menopausa, como os fogachos e a secura vaginal. Produtos à base de suplementos de isoflavonas de soja ou cremes vaginais hidratantes, podem oferecer alívio. Que tal conhecer agora mesmo a linha exclusiva da PlenaPausa? Clique aqui!

5- Invista na reposição de colágeno

Com a idade e a chegada da menopausa, a produção de colágeno pela pele diminui, o que pode levar a rugas e perda de firmeza. A suplementação de colágeno pode ajudar a melhorar a elasticidade da pele, reduzir rugas e promover uma aparência mais jovem. 

Essas dicas acima são interessantes para todas as mulheres que enfrentam problemas de autoestima na menopausa e querem viver bem e se sentirem mais felizes e saudáveis!

Quer saber mais sobre menopausa? Siga a gente no Instagram!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Carrinho de compras

Entrar

Ainda não tem conta?

Comece a digitar para ver os produtos que procura.