Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

1. Mais de metade das mulheres acima de 40 anos tem insônia na menopausa ou má qualidade de sono

“Segundo a avaliação da Plenapausa, 83% das mulheres na, alegam que sofrem de insônia na menopausa e têm dificuldade de dormir.”

A tendência à insônia aumenta na fase do climatério por causa do desequilíbrio hormonal e da queda na produção de estrogênios, que são hormônios associados com a regulação do sono da mulher. As ondas de calor e suores que acompanham o desequilíbrio hormonal também podem ocorrer à noite e perturbar o sono.

A realidade que afeta 83% das mulheres que estão entre o climatério e a menopausa é a dificuldade para dormir e a insônia. A insônia bate o recorde, quando se fala de sintomas, pois se não temos um boa noite de sono, todo o nosso dia acaba sendo muito prejudicado.

Mas a verdade é que não existe uma “poção” mágica para curar a insônia, mas de forma natural e simples, podemos pouco a pouco mudar nossos hábitos rotineiros e obter um novo estilo de vida, o que nos direcionará a belas noites de sono e descanso.

2. É comum ter insônia na menopausa?

Problemas de sono são comuns em mulheres na menopausa (pré e pós-menopausa), então, é comum ter insônia na menopausa.

Aproximadamente 50% das mulheres na menopausa têm dificuldade com a falta de sono, com intensidade maior em comparação com aquelas no estágio pré-menopausa.

A menopausa geralmente ocorre em mulheres entre 45 e 55 anos. Durante esses anos, essas mulheres também lidam com diversos desafios de vida, como administração da carreira, cuidar de pais idosos, e crianças saindo de casa. Esses desafios por si só são grandes fontes de estresse e ansiedade, que podem impactar negativamente o sono. A situação é agravada quando as mulheres também apresentam outros sintomas da menopausa, como fogachos, dor articular e sudorese noturna. Todos esses fatores tendem a levar à pensamentos perturbadores que na maioria das vezes tiram seu sono, causando insônia.

Não dormir o suficiente impacta sua saúde negativamente. Isso pode causar os seguintes sintomas:3

O que acontece se tenho insônia, se não durmo bem?

Não dormir o suficiente impacta sua saúde negativamente. Isso pode causar os seguintes sintomas:

  • Irritabilidade
  • Depressão
  • Fadiga
  • Esquecimento
  • Quedas e acidentes

Veja mais sintomas que podem ser causados pela falta de qualidade no sono em nossa postagem: “o que acontece quando não dormimos bem”, no Instagram. (Post AQUI)

Esses sintomas não devem ser deixados sem tratamento e devem ser discutidos imediatamente com seu médico. Tenha em mente que a falta de sono agrava seu humor, ansiedade e até depressão. Você precisa interromper esse ciclo vicioso e assumir controle de seu sono. Felizmente, existem soluções para esse problema.

3. Como melhorar a qualidade do sono:

Anote e acompanhe todas estas dicas!!

Meditação para dormir:

Você sabia que a meditação pode ser uma grande aliada na qualidade do seu sono? Isso mesmo, confira essas dicas que separamos.

Meditar antes de dormir:

Para adormecer, o corpo passa por uma redução gradual da ativação até a chegada da sonolência. A dificuldade de iniciar a noite de sono está ligada a um estado de hiper estimulação, que é comum quando estamos estressados, deprimidos ou ansiosos.

  • Encontre um ambiente calmo e uma posição confortável;
  • Desligue as notificações do celular e garanta que não será interrompido durante a meditação;
  • Se for meditar antes de dormir, pode fazer isso já na cama, com as luzes apagadas e um pijama confortável;
  • Usar óleos essenciais (ex. alecrim e lavanda) em um difusor de ambiente ou na roupa de cama pode potencializar esse efeito de concentração e relaxamento;
  • Caso seja iniciante, utilize aplicativos de meditação guiada ou contrate um professor que ajude a orientar sobre respiração, postura e técnica;

Não esqueça:

Se não der certo de primeira, tudo bem. Há inúmeras maneiras de meditar e você pode testar várias delas até encontrar a que mais gosta, além de descobrir situações, lugares e momentos em que se sente melhor meditando.

Cada pessoa é única. Encontre o que funciona para você.

Detox do sono:

Veja em nosso Instagram o post: “Detox do sono”, (Post AQUI) onde ensinamos o passo a passo de uma forma de combater a insônia!

Algumas dicas são:

  • Prefira pratos leves, de fácil digestão.
  • Evite atividade física depois das seis da tarde. O exercício depois desse horário desregula o relógio biológico.
  • Pessoas sonambulas devem deixar a casa ou o ambiente onde estiver com luz baixa.
  • A luz reduzida avisa o cérebro para secretar melatonina, o hormônio do sono.
  • Dedique-se a atividades agradáveis como ouvir música ou ver um programa na TV, mas fora do quarto de dormir.
  • Procure relaxar o corpo em uma poltrona confortável enquanto o sono não vem, vestida com roupa de dormir. Mas só vá para a cama quando tiver sono, realmente.

Lembre-se: A qualidade do seu sono, depende de você. Na menopausa, realmente estamos mais propicias a ter insônia, mas nem tudo está perdido, é sempre bom ressaltar que uma boa qualidade de vida, vem de bons hábitos e sempre é hora de adquirir novos hábitos, e você pode!

*** Saiba em qual fase da menopausa você está e seu nível de sintomas com nossa AVALIAÇÃO GRATUITA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 9 =

Veja também:

Carrinho de compras

Entrar

Ainda não tem conta?

Comece a digitar para ver os produtos que procura.