Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Mito ou verdade? Menopausa aumenta riscos de doença cardiovascular, hipertensão e diabetes 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Será que é mito ou verdade que a menopausa aumenta riscos de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes? Sabemos que as mulheres entre os 45 e 55 anos começam a sentir vários sintomas físicos e mentais causados pela mudança hormonal que precede a menopausa.

Durante o período de transição entre a vida fértil e o final dela, os riscos cardiovasculares, hipertensão, diabetes e ganho de peso se tornam iminentes e é necessário prestar atenção nos sinais para ter uma vida saudável.

Entretanto, será que a menopausa, por si só, aumenta esses riscos? O que a ciência diz sobre essas doenças e suas relações com as mudanças hormonais e mais: o que você pode fazer para melhorar sua saúde e ficar livre dessas doenças?

Vamos explorar essa questão e te ajudar a entrar na menopausa sem sofrer com os sintomas que tanto trazem desconfortos.

Desvendando o mito das doenças na menopausa

A pergunta persiste: a menopausa aumenta riscos de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes? Estudos mostram que, embora esta fase da vida da mulher possa coincidir com um aumento desses riscos, não é necessariamente a causa principal.

A diminuição dos níveis hormonais, especialmente do estrogênio, durante a menopausa, pode influenciar fatores como o metabolismo, a distribuição de gordura corporal e a regulação da pressão arterial. Essas mudanças podem contribuir para o aumento de riscos de problemas cardiovasculares e condições como hipertensão e diabetes.

Entretanto, outros fatores, como estilo de vida, genética, dieta e atividade física, desempenham papéis importantíssimos nesse aumento de risco. Sem contar que não são todas as mulheres que enfrentarão essas condições após a menopausa.

Vários fatores devem ser observados quando tentamos entender se a menopausa aumenta riscos de doenças como as citadas. Esses fatores estão associados a questões genéticas, mas também ao estilo de vida de cada mulher.

Para doenças cardiovasculares, os fatores de risco são o tabagismo, a pressão alta, o colesterol elevado, diabetes, o sedentarismo e o excesso de peso ou obesidade. Claro que uma mulher com alguns desses itens terá que redobrar seus cuidados quando chegar na menopausa.

O mesmo acontece com hipertensão, mulheres que possuem uma dieta rica em sódio, que não pratica exercícios físicos, têm histórico familiar de pressão alta, quando chegar aos 55 anos sem cuidar desses pontos terá maiores problemas. 

Com o risco de diabetes a mesma coisa, esses fatores como obesidade, histórico familiar, sedentarismo, idade e até mesmo etnia também vão contribuir para o surgimento da doença.

Ou seja, na hora de pensar na saúde da mulher, não é possível falar apenas que a menopausa aumenta riscos de e doença cardiovascular, hipertensão e diabetes, pois é preciso olhar para ela como um todo, vendo todo o seu histórico de saúde.

Quando a menopausa aumenta riscos de doenças?

menopausa aumenta riscos
Foto: Pexels

Depois de analisar todos os fatores, o médico poderá avaliar a sua saúde para então dizer se a menopausa aumenta riscos de doenças crônicas ou se foram os demais pontos negligenciados pela mulher que potencializaram o aparecimento desses males.

Assim, podemos dizer que durante a  menopausa, os níveis de colesterol LDL (“colesterol ruim”) podem aumentar e o HDL (“colesterol bom”) pode diminuir, aumentando o risco de doenças cardíacas.

Outro ponto importante é que as mudanças hormonais podem influenciar a regulação da pressão arterial, potencialmente contribuindo para o desenvolvimento ou agravamento da hipertensão.

Muitas mulheres experimentam redistribuição de gordura durante a menopausa, com aumento da gordura abdominal, também precisam ficar atentas, pois o excesso de peso está associado a um maior risco cardiovascular.

Sobre diabetes, a menopausa aumenta riscos em alguns casos, pois algumas mulheres podem experimentar maior resistência à insulina, aumentando o risco de diabetes tipo 2.

Agora que você entende que cada caso é um caso e que a menopausa aumenta riscos de doenças crônicas caso haja alguns fatores associados, é hora de procurar apoio de um médico para analisar melhor sua saúde.

Este suporte é essencial para que a mulher possa compreender e gerenciar os possíveis riscos de condições como doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes e osteoporose que podem estar associadas à menopausa.

Além disso, estar bem-informada é fundamental. Recomendamos acompanhar o blog PlenaPausa como um recurso extra para que você entenda sobre esta fase da vida, possa aprender mais sobre o assunto, pegar dicas e conselhos sobre o climatério e todas as suas fases, assim como lidar com seus sintomas.

Enfrente a menopausa com conhecimento, apoio médico e recursos adequados. Sua saúde durante essa fase é uma prioridade. Siga também o nosso Instagram!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =

Veja também:

Carrinho de compras

Entrar

Ainda não tem conta?

Comece a digitar para ver os produtos que procura.