Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Receba 10%OFF em sua primeira compra com o cupom "PLENA10"

Menopausa causa problemas na memória e pode ser confundido com demência

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Está com dificuldades de concentração e de fazer as tarefas diárias? A menopausa causa névoa cerebral que pode, muitas vezes, ser confundida com demência.

Apesar de pouco comentado, estima-se que pelo menos 60% das mulheres na menopausa ou pré-menopausa sentem a chamada névoa cerebral.

O nome faz juz à explicação de que o cérebro está nublado, levando a mulher a sentir uma confusão mental, falta de foco ou pouca clareza para entender e desenvolver atividades corriqueiras.

Sabe quando você esquece palavras com frequência, perde compromissos e até mesmo não consegue mais tomar decisões? A menopausa causa problemas cerebrais, mas poucos médicos conseguem identificar esses sintomas dentro do tratamento, podendo até falar em demência.

A neurocirurgiã da PUC-Campinas, Juliana Rebechi Zuiani, comentou recentemente sobre uma pesquisa revisada na Alemanha que fala sobre o assunto, apontando que a menopausa causa névoa cerebral.

“É comum a pessoa pensar que está com o início de Alzheimer, uma forma específica de demência que causa o declínio cognitivo. Com a avaliação adequada, o especialista pode fazer um diagnóstico correto e orientar o tratamento, por isso a importância do exame de rastreio nas mulheres já na fase perimenopausa, momento em que alguns sintomas podem aparecer”, alerta a médica.

Menopausa causa problemas mentais?

Muitas mulheres relatam dificuldades de concentração e problemas de memória durante a menopausa. Isso pode incluir esquecimento temporário de nomes, datas e outras informações, bem como dificuldade em manter o foco em tarefas.

Uma das principais razões pelas quais algumas mulheres relatam dificuldades de concentração durante a menopausa está relacionada a essas flutuações hormonais.

A menopausa causa vários sintomas na saúde mental, como a confusão mental, sensação de nebulosidade na mente, mudanças de humor, insônia, estresse, fadiga e até mesmo depressão.

As mudanças na vida dentro do período da menopausa causa ainda um estresse agudo, afetando ainda mais a função cerebral da mulher.

Dessa forma, algumas mulheres podem não apresentar sintomas cerebrais significativos durante a menopausa, enquanto outras podem experimentar essas dificuldades de forma mais intensa. 

Por que a névoa da menopausa é confundida com demência?

A doutora Juliana Rebechi Zuiani informa que há outras doenças que também trazem como sintomas a névoa cerebral, portanto, é importante procurar um médico e fazer alguns exames.

Além das avaliações laboratoriais, que podem comprovar a menopausa, o exame de rastreio cognitivo também poderá trazer luz sobre a situação do cérebro da mulher.

Um dos exames indicados pela profissional é a altoida, que usa inteligência artificial para mostrar os padrões mentais e comportamentais de risco.

“Desde a névoa mental até a doença de Alzheimer, e outras síndromes demenciais ou neurodegenerativas, como a Demência por Corpos de Lewy e a Demência Frontotemporal, caso do ator Bruce Willis, também podem ser rastreadas por esse novo exame”, explica.

Sabemos que a menopausa causa esse sintoma, é importante que a mulher fique atenta a este e outros sinais que sentir para poder apresentar ao médico durante a consulta. 

Os principais sintomas que a menopausa causa são: ondas de calor, suores noturnos, alterações no humor, dificuldades de concentração e perturbações no padrão de sono.

Mas eles não são os únicos, existem dezenas de indicativos de saúde que podem estar associados à mudança hormonal causada pela menopausa.

Esses sintomas, muitas vezes desconfortáveis e variáveis em sua intensidade, são resultado das mudanças fisiológicas que ocorrem nesse estágio da vida, afetando tanto o bem-estar físico quanto o mental e o emocional.

Saiba mais sobre o nevoeiro mental

A doutora Natacha Machado gravou um vídeo sobre nevoeiro mental para o PlenaPausa. Assista e entenda mais sobre esta questão:

Como identificar os sinais de que estou na menopausa?

A idade média em que as mulheres entram na menopausa varia, mas geralmente ocorre entre os 45 e 55 anos. No entanto, é importante lembrar que a menopausa pode ocorrer antes ou depois dessa faixa etária.

A maneira mais confiável de confirmar se você está na menopausa é por meio de exames médicos. 

Mas, se você já sente alguns sintomas que a menopausa causa, nós do PlenaPausa temos um teste online e gratuito que vai apontar para qual fase do climatério você se encontra.

Nosso teste foi elaborado com perguntas que conseguem indicar a fase que cada mulher está e então ficará mais fácil conversar com o seu médico.

Nessa consulta, o profissional de saúde, que pode ser um ginecologista ou endocrinologista, poderá discutir os sintomas que você está enfrentando, como irregularidades menstruais, ondas de calor, suores noturnos e alterações de humor e até mesmo a névoa cerebral.

Algumas podem passar por essa transição sem muitos sintomas perceptíveis, enquanto outras podem experimentar desconfortos significativos. 

Ou seja, nem sempre os sintomas que a menopausa causa será o mesmo em todas as mulheres, por isso é tão difícil associar tantos  sinais à questão da mudança hormonal que acontece nessa fase.

FAÇA SEU TESTE AQUI E SAIBA EM QUAL FASE DA MENOPAUSA VOCÊ ESTÁ!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 9 =

Veja também:

Carrinho de compras

Entrar

Ainda não tem conta?

Comece a digitar para ver os produtos que procura.